13 de jun de 2017

Desembargador suspende transferência de Henrique Alves para Brasília

Por decisão do desembargador federal Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, a transferência do ex-ministro Henrique Eduardo Alves para Brasília foi suspensa, derrubando a decisão anterior do juiz da 10ª Vara Federal, Vallisney de Souza. O pedido para suspender a decisão foi impetrado pelo advogado Marcelo Leal, responsável pela defesa de Henrique, que permanece na Academia de Polícia Militar do Rio Grande do Norte. “Vislumbro a fumaça concomitante do bom direito, este em face da tese esposada no writ, quanto à desnecessidade de transferência do paciente para lugar diverso de sua residência, aliada ao fato de ser onerosa e descabida, haja vista que tanto o magistrado federal de Natal/RN quanto o do Distrito Federal gozam das mesmas prerrogativas funcionais e institucionais”, diz o desembargador na decisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário