29 de jul de 2015

Ministério Público pediu prisão do prefeito de Umarizal, Mano Onofre, mas TJ acatou apenas o afastamento do cargo

foto: Cleumy Cândido Fonseca
---------------------------------------------------------------------------------
A operação Negociata, deflagrada em Umarizal pelo Ministério Público, que afastou o prefeito Mano Onofre (DEM) por envolvimento em um esquema que desviou mais de um milhão e meio de reais dos cofres do Município, incluiu o prefeito nos pedidos de prisão.

Porém, o desembargador Expedito Ferreira de Souza indeferiu o pedido, acatando apenas o afastamento do prefeito.

O Blog não conseguiu ainda a informação se consta da lista de pedidos de prisão, o nome do ex-prefeito Rogério Fonseca (PSB).

Nenhum comentário:

Postar um comentário