2 de out de 2014

EXCLUSIVO: Vejam quem são os candidatos a Deputados Estaduais com mais chances e vagas por coligação

O BlogdoBG avaliou sete pesquisas para Deputado Estadual nos últimos cinco dias, quatro dessas pesquisas foram divulgadas e três foram feitas para consumo interno, fizemos os cruzamentos de todas elas com quantidades de pessoas pesquisadas, percentuais de cada candidato citado e fizemos a soma por coligação e depois dividimos em cima de um coeficiente de aproximadamente  70 mil votos para cada vaga conquistada para deputado estadual por coligação.
Na coligação “União pela Mudança”, que apóia o candidato ao Governo Henrique Eduardo Alves, temos um verdadeiro “Deus nos Acuda”, foram feitas três coligações na proporcional para Deputado Estadual, são elas:
1º coligação do candidato Henrique Alves é composta do PMDB, PSB, PR, PROS, DEM, SDD, PDT e PRB
De acordo com os números das pesquisas analisadas pelo blogdobg, essa coligação deverá eleger 13 deputados diretos e facilmente mais 2 deputados na sobra do coeficiente, existe a possibilidade dessa coligação eleger mais um no saldo do coeficiente fazendo um total de 16 deputados eleitos.
Com certeza continuarão na Assembléia em 2014 os seguintes nomes: Getúlio Rego,  Ezequiel Ferreira, Tomba, Ricardo Mota, Nelter Queiroz, George Soares, Hermano Morais, Larissa Rosado, Gustavo Carvalho, Márcia Maia e Agnelo Alves. A probabilidade de um desses 11 nomes ficarem de fora é quase ZERO.
Lutam pelas 4 ou 5 vagas restantes em situação mais confortável: Kelps Lima, Vivaldo Costa e Álvaro Dias.
Num patamar mais abaixo vem Albert Dickson, Gustavo Fernandes, José Adécio e num 3º andar nessa luta por ordem de citações vem Dr. Leonardo, Raimundo Fernandes, Bispo Francisco de Assis e Dagô.
Carlson Gomes, Professor Luiz Carlos e Adão Eridan foram citados em praticamente todas as sete pesquisas, mas com percentuais muito abaixo desses que estão mais em cima.
2º coligação do candidato Henrique Alves é composta do PPS, PHS, PV, PTN e PTB.
De acordo com os números das pesquisas analisadas pelo blogdobg, essa coligação deverá eleger apenas um deputado direto, a possibilidade de eleger um segundo nome é muito, muito remota, mas existe.
Três nomes se destacam nessa coligação. Laura Helena, Souza e Edivan Martins, entre esses três nomes vai sair o deputado eleito. Francielle e Aldair da Rocha tiveram poucas citações na soma geral das setes pesquisas.
3º coligação do candidato Henrique Alves é composta do PSDB, PSC, PSDC, PMN e PRB
De acordo com os números das pesquisas analisadas pelo blogdobg, essa coligação deverá eleger apenas um deputado direto, a possibilidade de eleger um segundo nome é muito, muito remota, mas existe.
Quatro nomes se destacam nessa coligação por ordem de citações. Jacó Jacome bem a frente e esses três, Junior Moura, Valéria Barbalho e Adenúbio Melo, emparelhados.
Na coligação “Liderados pelo Povo”, que apóia o candidato ao Governo Robinson Faria, foram feitas duas coligações na proporcional para Deputado Estadual, são elas,
1º coligação do candidato Robinson Faria é composta do PSD, PP, PEN, PRTB, PTC
De acordo com os números das pesquisas analisadas pelo blogdobg, essa coligação deverá eleger três deputados diretos e existe a possibilidade de eleger um quarto nome.
Dois nomes se destacam nessa coligação por ordem de citações. Galeno Torquato e José Dias.
Num patamar mais abaixo aparece por ordem de quantidade de citações, Amazan, Disson, Major Fernandes e Luiz Gomes.
2º coligação do candidato Robinson Faria é composta do PT, PC do B e PT do B, PPL
De acordo com os números das pesquisas analisadas pelo blogdobg, essa coligação deverá eleger dois deputados diretos e existe uma possibilidade muito remota de eleger um terceiro nome.
Dois nomes se destacam nessa coligação por ordem de citações e são praticamente certos na Assembléia a partir de 2015. Cristiane Dantas e Fernando Mineiro.
Odon Junior e George Câmara tiveram boas citações, num patamar bem abaixo aparece Nilson Viana, Clovis Nunes, Fátima Cardoso, Cabo Jeoas e Carlos Augusto Maia.
  • A coligação do PSOL está recheada de nomes, se destacam os vereadores Sandro Pimentel e Marcos do PSOL, mais dificilmente conseguem o coeficiente de 70 mil votos para eleger um deputado.
  • As coligações do PSTU e o PSL não existem possibilidade de chegarem nem perto.
Com esse nosso estudo, não queremos dizer que esses serão ou não os eleitos, e nem motivar e nem desmotivar ninguém, estamos apenas fazendo um papel corajoso que é publicar em cima de um relatório elaborado a partir de sete pesquisas realizadas dos institutos Consult, Certus, SETA e ITEM a situação que se encontra o processo para Deputado Estadual. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário