30 de jul de 2019

Caern promove condições especiais para nova fase de negociação de débitos

Iranilton Marcolino – ACS Caern  Durante todo o mês de agosto, clientes que têm débitos atrasados de água e esgoto terão uma nova oportunidade para negociar suas dívidas em condições muito especiais. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) vai abrir, a partir do dia 1º, um mês de incentivo à regularização de contas em atraso, com alternativas mais atraentes para o consumidor, em todo o Estado. 

FARMA VIDA "Cuidando bem da sua Saúde" 24 Horas





CENTRAL PIZZA A MAIS BARATA DA CIDADE ..... CONFIRA ....

CENTRAL PIZZA

Sabores 🍕

Frango Catupiry
Calabresa
Portuguesa
Moda da casa
Mista

Valor Apartir de 12.00 R$
Tamanho G com 8 fatias...

Dois sabores 15.00 R$...

Com bordas recheadas *  *15.00 R$ nos sabores Catupiry e Cheddar
Taxa para entrega apenas  2.00 R$
Passamos Cartões 💳



INSS cria fila única e vai agilizar as respostas sobre pedidos de benefícios

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pretende dobrar o número de servidores dedicados exclusivamente à concessão de benefícios. Segundo o presidente do órgão, Renato Vieira, hoje há cerca de 3.400 funcionários trabalhando na análise dos pedidos de aposentadoria, pensão e outros benefícios. A expectativa é que em agosto esse número chegue a até 6 mil servidores.

Ouro Branco: Prefeita proibida de contratar.



Em Ouro Branco, a Prefeita Fátima Silva (PT), vem tentando botar papa na boca do povo. A gestora mandou divulgar, no portal oficial da Prefeitura, a vaidosa notícia de que o Tribunal de Contas do Estado atestou a regularidade da gestão quanto aos contratos, figurando Ouro Branco no relatório do TCE como um dos raros municípios do Estado que não tem nenhum contrato temporário de trabalho. 

 Conversa para boi dormir. A Prefeita não contrata porque não pode, está proibida por decisão da Justiça. É fato que foi muito batido na imprensa, não tem como mudar a realidade. Ela já está condenada a devolver R$ 148 mil por descumprimento de decisão judicial sobre contratação irregular, e com ameaça de multa de R$ 5 mil por cada contratação impessoal que faça, ainda com concurso vigente e os concursados no percalço de levarem à justiça em caso de contratações. 

Inclusive, foi por contratações que ela teve seu mandato cassado em primeira instância, na AIJE nº 151-71.2016.6.20.0023, cujo processo firmou o entendimento para retirar-lhe os direitos políticos na Ação Civil de Improbidade Administrativa 0100313-18.2016.8.20.0117. Não tem nada que tentar mudar a opinião popular.  Em outras palavras, gato escaldado tem medo até de água fria, e para a Prefeita de Ouro Branco o ditado não é diferente. Ou será que ela tem coragem de contratar?  É somente uma pergunta.